Arquivos da categoria: Linux

grep: como buscar em arquivos no Linux

grep: como buscar em arquivos no Linux

O comando grep é utilizado para buscar strings e padrões (usando Expressões Regulares) dentro de arquivos. O nome do comando significa global regular expression print, ou seja, ele imprime trechos de arquivos que correspondam a uma determinada expressão regular.

Você pode usar apenas strings para realizar as buscas. Porém, o uso de Expressões Regulares abre um grande leque de opções para buscas avançadas. Se você não conhece Expressões Regulares, sugiro que leia Expressões Regulares – Guia de Consulta Rápida, de Aurelio Marinho Jargas, disponível gratuitamente na Internet pelo próprio autor.

Continue lendo

find: como encontrar arquivos no Linux

find: como encontrar arquivos no Linux

Buscar arquivos tem ficado cada vez mais fácil usando interface gráfica. Porém, há momentos em que os filtros oferecidos pelas interfaces não são suficientes. Além disso, caso você esteja gerenciando um servidor Linux via SSH, não terá interface gráfica e terá de usar o (muito) bom e velho comando find.

O comando find permite buscar arquivos filtrando por nome, tamanho, data, dono, grupo, permissões, tipo e outros. A busca é recursiva, por padrão, mas pode ser restringida a uma determinada profundidade. Em suma, o find é uma ferramenta bem completa e poderosa.

Continue lendo

Git: criando repositórios remotos

Git

Há um tempo, eu mostrei aqui como usar as funcionalidades básicas do Git para controlar versões de softwares. Hoje mostrarei como criar repositórios remotos via SSH.

É possível usar repositórios remotos por meio do GitHub ou do Google Code, mas às vezes queremos ter um repositório remoto para uso próprio, que seja fechado, sem que ninguém mais possa ter acesso a ele.

Para isso, você precisará ter acesso a um servidor Linux (ou outro Unix-Like) com servidor SSH, o qual hospedará seus repositórios.

Continue lendo

Curso de Shell Script – Módulo #1: Scripts Shell e suas estruturas

Curso de Shell Script - Módulo #1: Scripts Shell e suas estruturas

Dando continuidade ao Curso de Shell Script, neste segundo módulo vou mostrar como criar scripts Shell. Caso não tenha visto o primeiro módulo, acesse este link para ler o Curso de Shell Script: Módulo #0 – Comandos Básicos do Linux.

Sem mais delongas, vamos ao que interessa! :)

Continue lendo

Curso de Shell Script: Módulo #0 – Comandos Básicos do Linux

Curso de Shell Script: Módulo #0 - Comandos Básicos do Linux

Este curso de Shell Script, divido em duas partes, tem por objetivo mostrar os principais conceitos do Bash, seus comandos mais utilizados e a teoria sobre como criar scripts Shell.

Não adianta querer programar usando Shell Script sem conhecer os comandos básicos do Linux (muitos também presentes no Mac OS X). Por isso este primeiro módulo (que chamei de Módulo #0) de curso de Shell Script abordará os comandos básicos do Bash, que são fundamentais para a construção dos scripts Shell.

Em seguida, no Módulo #1 deste Curso de Shell Script, vou mostrar como criar scripts Shell, aplicando os conhecimentos mostrados aqui no Módulo #0.

Continue lendo

Conversão de vídeo AVI em MP4 via linha de comando

Converter vídeos de AVI para MP4 pode ser útil para muitas coisas, dentre elas, executar os vídeos em iPhones, iPods etc.

Em Linux, há programas gráficos para isso, mas a linha de comando é interessante pois permite converter vários arquivos de uma só vez, automaticamente. Por isso mostrarei como executar essa ação via Terminal. Além disso postarei um Shell Script completo para isso.

Continue lendo

CHMOD: Permissões em Sistemas Linux e Unix-Like

Sistemas Operacionais Unix-Like, como o Linux, permitem restringir acesso a arquivos por meio do sistema de permissões. Como tudo em Linux é tratado como arquivo, as permissões são válidas para arquivos, diretórios, dispositivos de entrada/saída etc.

Não somente usuários Linux devem conhecer o sistema de permissões. Desenvolvedores que programam sistemas que rodarão em plataforma Linux devem conhecer o sistema de permissões também. É muito comum vermos programadores PHP falando “dê chmod 777, que resolve o problema de permissão”. Isso não é solução, é apenas o começo de um possível problema – e grave – futuro.

Continue lendo